GESTÃO DOS RESÍDUOS

coleta-de-residuos

O Saneamento Ambiental, como afirmamos no início desta série de posts, engloba todos os serviços de gerenciamento das águas, o que inclui: o abastecimento de água potável; a coleta, afastamento e o tratamento dos esgotos e também a drenagem e o manejo das águas pluviais (ou de chuva). Como eu tentei mostrar a todos, o abastecimento de água potável é o único destes serviços que é levado um pouco mais a sério por razões políticas: a inauguração de redes de abastecimento de água potável rende muitos votos em eleições (principalmente nas municipais); os outros serviços são deixados ao improviso e aos mal feitos.

Existe um quarto serviço, que não lida diretamente com as águas, mas que é tão mal gerido quanto: a coleta e disposição de resíduos sólidos e os serviços de limpeza urbana. Diferentemente da fluidez das águas, que provoca problemas instantaneamente quando uma adutora arrebenta ou quando uma chuva fortíssima alaga um bairro inteiro, os resíduos, que são predominantemente sólidos, permitem o acúmulo silencioso em terrenos baldios e lixões, e só depois de algum tempo começam a mostrar sua nocividade de diferentes maneiras.

Resíduos são, essencialmente, sobras resultantes de processos de produção e de consumo: embalagens de produtos, cascas e sobras de alimentos, papel usado, equipamentos eletrônicos antigos, ferragens, madeiras e móveis, entulho da construção civil, aparas diversas entre outros tipos de resíduos. Além dos resíduos propriamente sólidos, que formam a maioria dos materiais, existem aqueles que são líquidos: sobras de tintas, solventes, combustíveis, óleos lubrificantes usados entre outros.

Para começarmos essa nova série de posts, vamos separar os tipos de resíduos de acordo com as fontes geradoras:

Resíduos Domiciliares: é o nosso famoso lixo doméstico formado por restos e cascas de alimentos, embalagens plásticas e metálicas, vidros, papéis diversos, papel higiênico etc;

Resíduos Comerciais: caixas de papelão, isopor, pallets de madeira, plásticos, embalagens, sacarias em geral etc;

Resíduos Industriais: aparas de chapas plásticas, de madeira e metálicas, limalhas e outros resíduos do corte de materiais, tintas, solventes, resíduos químicos diversos etc;

Resíduos Agrícolas: embalagens de adubos e defensivos químicos, peças metálicas, pneus, restos de madeira, pedras etc;

Resíduos Hospitalares: seringas, gases, instrumentos cirúrgicos, embalagens e restos de remédios e drogas hospitalares, e demais materiais diversos contaminados por patógenos;

Resíduos da Construção Civil: entulho, madeiras, telhas, pedregulho, tintas, tijolos, tubulações, embalagens etc;

Resíduos de Portos, Aeroportos, Terminais Ferroviários e Rodoviários: embalagens, restos de alimentos, papéis, papel higiênico etc;

Resíduos de Mineração: rejeitos e sobras de materiais minerais não utilizáveis (só para lembrar: o acidente ambiental que, literalmente, matou o Rio Doce e que completou um ano no último sábado, foi provocado pelo rompimento de uma barragem de resíduos da mineração);

Resíduos Radioativos: combustível de usinas nucleares e resíduos de medicamentos e materiais de clínicas radiológicas e de hospitais.

Além dessa lista básica, exploraremos as diferentes destinações que cada tipo de resíduo deve receber – um exemplo são os resíduos hospitalares, onde existem os conhecidos materiais perfuro-cortantes e materiais contaminados por patógenos, que não podem ser descartados junto com os resíduos comuns e devem ser encaminhados para incineração em unidades de destinação especiais. Também existem os resíduos específicos como o lodo sanitário resultante do tratamento de esgotos nas ETEs e que ainda não possuem uma destinação definitiva. Junto a tudo isso, falaremos ainda da coleta seletiva e das políticas para a redução e a reutilização dos materiais. E o mais importante dentro da temática principal deste blog: a relação de todos esses tipos de resíduos com as águas. Assunto é o que não vai faltar.

O tema é bem extenso e vai render um bocado de posts. Até mais.

2 Comments

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s