A PIOR SECA NO NORDESTE EM UM SÉCULO

seca-no-nordeste-cid-barbosa

Enquanto milhares de brasileiros vão passar o Carnaval com as barras das calças levantadas e com os pés sujos de lama fazendo a limpeza de suas casas após os estragos das últimas enchentes, outros 33 milhões de brasileiros da região do Semi Árido continuam enfrentando as muitas agruras da maior seca registrada na região nos últimos cem anos.

De acordo com dados da ANA – Agência Nacional de Águas, que monitora 533 grandes reservatórios na Região Nordeste, 142 destes reservatórios estão secos. Com o volume de água armazenada em queda contínua desde 2012, os reservatórios operam hoje, em média, com 16,3% da capacidade – no Estado do Ceará, que está em pior situação, os reservatórios apresentam níveis de apenas 7% da capacidade armazenada. Segundo informações da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos, desde 1910 não se registrava uma seca tão severa no Estado – lembrando que essa dramática seca foi imortalizada na obra “O Quinze” da escritora Rachel de Queiroz.

Enquanto centenas de municípios estão em estado de calamidade pública por causa da seca, as obras do alardeado Sistema de Transposição das Águas do Rio São Francisco estão com muitos trechos abandonados e outros com as obras a passo de tartaruga, com denúncias de superfaturamento e desvios de verbas de todos os tipos. As muitas promessas, repetidas desde os tempos do Império, mais uma vez não foram cumpridas e água que é bom, nada.

Concordando mais do que nunca com Euclides da Cunha – o sertanejo precisa ser um forte.

One Comment

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s