PARA NÃO DIZER QUE NÃO FALEI DAS CHUVAS

enchente-em-sao-paulo

Nesta semana de Carnaval, quando todo mundo quer relaxar na praia ou no campo, preparei uma série de posts curtos, tratando dos contrastes climáticos que tomam conta das diferentes regiões do país. Vamos a eles:

Na última sexta-feira, dia 24 de fevereiro, enquanto milhões de pessoas faziam os preparativos e as malas para a tão esperada viagem de Carnaval – calcula-se que 2 milhões de veículos deixaram a Região Metropolitana de São Paulo rumo ao litoral e ao interior, a capital paulista viveu mais um dia de caos por causa das fortes chuvas.

Chuvas com intensidade de até 69 mm, registradas na região da Vila Prudente, colocaram a cidade inteira em estado de atenção e os distritos do Ipiranga, Vila Prudente, Aricanduva, Penha e São Mateus no chamado estado de alerta. Foi registrada queda de granizo em Itaquera, Artur Alvim e no aeroporto de Congonhas, que foi fechado para pousos e decolagens por duas horas. Como é usual nestas situações, dezenas de árvores caíram em bairros de toda a cidade. Na região de Cumbica, em Guarulhos, foram registradas rajadas de vento de 72 km/h.

No início da noite, quando muitos foliões tomavam rumo às estradas para a tão esperada viagem de Carnaval, se registravam 18 pontos de alagamento por toda a cidade. Chuvas fortes e enchentes fazem parte da paisagem e do calendário de Carnaval de muitas cidades e regiões do Brasil.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s