REUTILIZANDO LATAS, LATINHAS E LATÕES

latas

Existe muita confusão entre reciclagem e reutilização. Vou aproveitar o assunto das embalagens de aço para esclarecer um pouco as coisas.

Reciclar significa, literalmente, recomeçar um ciclo – no caso dos materiais, reciclagem remete ao início do ciclo de produção: garrafas de vidro voltam aos fornos para derretimento e posterior remoldagem ou sopro em diferentes formatos do vidro, papel e papelão são transformados em pasta de papel e reprocessados, plásticos são triturados e recebem resinas para a produção de diferentes tipos de plásticos reciclados. No caso das sucatas de metais (ferrosos e não ferrosos) também há o derretimento em fornos e o metal liquefeito é laminado em placas planas ou em barras, tubos, perfis, fios e outros produtos siderúrgicos e metalúrgicos.

Reutizar significa dar novo uso a um produto ou resíduo, adaptando algumas de suas características para um novo uso. No caso das latas, latinhas e latões isso significa cortar, remodelar, furar, pintar, soldar, rebitar e demais processos afins.

Um dos reusos mais simples para as latinhas de aço que consigo lembrar são as canequinhas – é rebitada uma alça numa lata sem tampa e sem rebarbas, que passa a ser usada para tomar leite e café: nas lembranças das férias da infância no sítio dos meus avós estão presentes algumas canecas de latas – ainda hoje é fácil de encontrar essas canecas em mercados populares de regiões interioranas. Muito em moda em tempos mais recentes é a produção de brinquedos a partir do uso de diferentes tipos de latas, como no caso da imagem que ilustra este post. Sejam feitos diretamente pelas crianças num processo lúdico ou por artesãos com técnica mais refinada, esses brinquedos são excelentes ferramentas de educação ambiental.

As latinhas também podem ser encontradas em todo o tipo de artesanato, onde após receber pintura, colagens e outros acabamentos passam a funcionar como porta trecos diversos: talheres, lápis e canetas, parafusos, temperos etc. ou modificadas para uso como vasos, luminárias, enfeites e tudo mais que a criatividade permitir.

Lata d’água na cabeça” diz o refrão da clássica música da cantora Elza Soares e nos remete ao uso mais popular das latas grandes usadas para a venda de óleo e de tintas, que limpas e sem tampas eram e ainda são preciosos vasilhames para o transporte e armazenamento de água nas comunidades mais carentes ou em regiões com falhas no abastecimento da rede de água. Cortadas, furadas, dobradas e trabalhadas de diferentes maneiras, as latas grandes viram churrasqueiras, formas de bolos e todo o tipo de utensílios domésticos, brinquedos e artesanatos que se possa imaginar.

Os grandes latões e tambores metálicos entraram definitivamente na moda: na recente crise hídrica que assolou a Região Metropolitana de São Paulo, para citar um único exemplo, quem dispunha de um desses tambores em casa podia ser considerado felizardo – com uma capacidade entre 100 e 200 litros, esses recipientes representavam uma reserva preciosa de água para os momentos frequentes de falha no abastecimento. Churrasqueiras com tampa feitas com um tambor cortado ao meio se transformaram em uma sensação e objeto do desejo dos amantes de uma boa mesa: aliar a ecologia aos prazeres de uma boa carne é tudo de bom para esse grupo. De design mais sofisticado, os móveis feitos com tambores têm conquistado admiradores em todas as camadas sociais – são cadeiras, mesas, armários e poltronas refinadas, que concorrem em condições de igualdade com as melhores peças à venda nas lojas especializadas.

A reutilização e a reciclagem são fundamentais em nosso mundo, cada vez mais frágil e debilitado pela exploração incessante dos recursos naturais. A esses dois conceitos deve ser incluído um terceiro – a redução. A redução do consumo, a reutilização de resíduos e de produtos e a reciclagem ampla dos resíduos formam o conceito conhecido como 3R, usado amplamente na educação ambiental.

Reduzir, reutilizar e reciclar – três grandes idéias que devem fazer parte do nosso dia a dia.

 

2 Comments

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s