A “NEVASCA DO SÉCULO” NOS ESTADOS UNIDOS 

Uma postagem rápida: 

Desde o último dia 21, os Estados Unidos e parte do Canadá estão sofrendo com fortes nevascas e ventos polares de rara intensidade, especialmente na região dos Grandes Lagos, na fronteira entre os dois países. Segundo as últimas atualizações, foram confirmadas 57 mortes, sendo 47 em 9 Estados norte-americanos e as demais no Canadá. 

No dia de Natal foram registradas temperaturas abaixo de zero grau em 48 dos 50 Estados do país, inclusive no Texas e outros Estados junto à fronteira com o México, região que costuma apresentar um clima mais ameno nessa época do ano. Dezenas de milhões de norte-americanos foram obrigados a comemorar as festas natalinas a luz de velas devido aos cortes na energia elétrica.  

De acordo com os meteorologistas, o país foi atingido por um ciclone-bomba, fenômeno climático que resultou nas maiores nevascas em mais de 30 anos. Um dos últimos eventos dessa magnitude foi uma grande tempestade de neve que atingiu a cidade de Buffalo, no Norte do Estado de Nova York em 1977, e que deixou cerca de 30 mortos. 

Em um comunicado ao público, divulgado nessa segunda-feira dia 26, autoridades dos Estados Unidos se referiram ao evento climático como a “nevasca do século” no país. O comunicado pediu cuidado redobrado à população, alertando que o evento ainda não terminou e que são esperadas novas quedas de neve. De acordo com Kathy Hochul, Governadora do Estado de Nova York, “ainda é perigoso estar fora de casa“. 

De acordo com informações oficiais, mais de 15 mil voos em todo o território dos Estados Unidos já foram cancelados – perto de 4 mil desses cancelamentos ocorreram na segunda-feira, dia 26. Centenas de pessoas que acabaram presas em carros durante nevascas ou que ficaram isoladas em suas casas precisaram ser resgatadas por membros da Guarda Nacional, policiais, bombeiros e socorristas. 

De acordo com o NWS – National Weather Service, ou Serviço Nacional de Meteorologia dos Estados Unidos, as condições do tempo deverão melhorar gradativamente nos próximos dias. Entretanto, o órgão recomenda muita cautela, especialmente para quem pretende viajar. 

Como diz o ditado, “cautela e canja de galinha não fazem mal a ninguém”… 

One Comment

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s